Embaixada de Portugal em Cabo Verde

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Cerimónia Oficial da Abertura do Mestrado Integrado de Medicina na Universidade de Cabo Verde - 07 de Outubro de 2015

Teve ontem lugar, na Cidade da Praia, a cerimónia que assinalou a abertura formal do primeiro Mestrado Integrado de Medicina (MIM) em Cabo Verde, que será implementado em parceria entre a Universidade de Cabo Verde (UNI-CV) e a Universidade de Coimbra (UC) de Portugal.

Sob a presidência de Sua Excelência o Primeiro-ministro de Cabo Verde, Dr. José Maria Neves, a sessão oficial de abertura contou com a participação de S. E o Ministro do Ensino Superior, Ciência e Inovação, Dr. António Correia e Silva, S.E. o Senhor Embaixador de Portugal, Dr. Bernardo de Lucena, bem como dos Magníficos Reitores da UNI-CV e UC, Professora Doutora Judite do Nascimento e Professor Doutor João Gabriel Silva, respetivamente.

De realçar igualmente a presença no ato do Diretor Nacional da Saúde, Dr. Tomas Valdez, em representação de S.E. a Ministra-Adjunta e da Saúde; do Bastonário da Ordem dos Médicos de Cabo Verde, Doutor Júlio Andrade; do Magnífico Reitor da Universidade UNICA, Professor Doutor Dario Dantas dos Reis; da Diretora-Geral do Hospital Agostinho Neto, Dra. Ricardina Andrade, entre outros ilustres convidados do meio académico e científico.

Coube ao Coordenador-geral do MIM, Professor Doutor Fernando Regateiro, da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC), amplamente reconhecido como um dos mentores e impulsionadores do projeto, a apresentação geral do enquadramento, objetivos e plano de estudos do Mestrado Integrado, curso este que primando pelo rigor, qualidade, exigência e excelência, assume como premissas fundamentais i) a equidade no acesso à formação médica e a ii) promoção de um upgrade qualitativo dos cuidados de saúde pública em Cabo Verde.

O Mestrado Integrado de Medicina, inspirado no modelo já experimentado com a Região Autónoma dos Açores, compreenderá três momentos: uma primeira fase, a cumprir na UNI-CV, de três anos eminentemente teórico-conceptuais no domínio da Medicina e das Ciências da Saúde; uma segunda fase de dois anos de especialização, a cumprir em Portugal na FMUC e Centro Hospitalar Universitário de Coimbra. O regresso a Cabo Verde para a realização de um ano de estágio constituirá a terceira e última fase do plano de estudos.

Fruto de um longo diálogo entre Portugal e Cabo Verde, o protocolo de cooperação que regula a criação do Mestrado Integrado de Medicina foi celebrado no passado dia 25 de julho entre os Governos de Cabo Verde e Portugal, representados, respetivamente, pelo Senhor Ministro do Ensino Superior, Ciência e Inovação, Dr. António Correia e Silva e Senhor Ministro da Educação e Ciência, Dr. Nuno Crato.

Para mais notícias sobre o evento:

  • http://noticias.uc.pt/universo-uc/arranca-o-primeiro-curso-de-medicina-fruto-de-parceria-entre-a-universidade-de-coimbra-e-cabo-verde/
  • http://www.expressodasilhas.sapo.cv/sociedade/item/46204-abre-hoje-primeiro-curso-de-medicina-em-cabo-verde
  • http://anacao.cv/2015/10/07/pm-faz-abertura-oficial-de-primeiro-curso-de-medicina-em-cabo-verde/
  • http://inforpress.publ.cv/index.php/PT/sociedade/118016-universidade-de-cabo-verde-inaugura-hoje-o-mestrado-integrado-em-medicina
  • http://www.rtp.pt/rdpafrica/noticias-africa/cv-1-curso-de-medicina-lancado-esta-4-feira_4549
  • http://rtc.cv/tcv/index.php?paginas=13&id_cod=44147 (vídeo)
  • http://rtc.cv/tcv/index.php?paginas=13&id_cod=44146 (vídeo)
Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail